De malas prontas: Visconde de Mauá (RJ) – Parte 3/3

Oi pessoal,

Hoje encerro a série de dicas sobre Mauá, dividindo boas surpresas da gastronomia de Mauá, com destaque para a Vila de Maringá. Além do japonês da Pousada Warabi, que já apresentamos aqui, dois restaurantes merecem destaque e valem a visita: O Rosmarinus e o Saveur de Vanille.

Antes de contar sobre as duas experiências, tenho também algumas dicas para os apreciadores de cerveja. Mauá possui uma cerveja artesanal chamada Serra Gelada e ela pode ser encontrada por lá facilmente. O chopp artesanal “Dona Mathilde”, produzido em Itatiba – SP, é o ponto forte do Bar Pingo de Mel, quiosque localizado ao lado da Pousada Warabi.

Quem estiver com apetite para uma degustação de cervejas, vale conhecer o Bar Bier Garten, no lado mineiro da Vila de Maringá, anexo ao restaurante Champignon. O bar possui mais de 90 rótulos de cervejas nacionais e importadas e um cardápio com diversas opções de comida e petiscos alemães. Nós experimentamos o mix de salsichas com cesta de pães e quatro molhos. Não achei nada demais. Bom mesmo foi tomar umas cervejinhas mais encorpadas. A escolha foi pela Coruja, cerveja artesanal fabricada em Teutônia (RS).

Bar de cervejas Bier Garten

Bar Bier Garten

Decoração do bar

Decoração do bar

Cerveja Coruja Viva

Cerveja Coruja Viva

Mix de salsichas

Mix de salsichas

Os molhos de acompanhamento

Os molhos de acompanhamento

Agora vamos aos restaurantes. O Rosmarinus foi a melhor refeição de toda a viagem. O restaurante funciona há 12 anos em um casarão com estilo rústico, localizado na Estrada Mauá-Maringá. Com uma gestão ambientalmente responsável, além dos cuidados com resíduos, a cozinha do Rosmarinus, comandada pelos chefs Diego Santos e Julio Buschinelli, valoriza os produtores locais através da compra de frutas, verduras, ovos e queijos. Os temperos e ervas utilizados são plantados na própria horta.

Placa de entrada Restaurante Rosmarinus

Placa de entrada Restaurante Rosmarinus

Nosso jantar teve início com o couvert, que definitivamente não pode ser dispensado, e normalmente inclui creme de legumes do dia, grissinis, focaccia de alecrim, pão rústico, manteiga, batatas calabresas rústicas, berinjela e tomates grelhados, azeitonas temperadas e alho confit. Se os pratos principais não fossem tão deliciosos, dava para ficar só no vinho, repetindo o couvert. Fantástico!

Couvert com pães rústicos, legumes grelhados e alhos confit

Couvert com pães rústicos, legumes grelhados e alho confit

As massas são feitas de forma artesanal na própria casa, com ovos caipiras e farinha de grano duro italiano. Queria pedir um prato típico da região, então optei pelo Raviolini de Brie ao pesto de pinhão e rúcula selvagem (vencedor do Concurso de Pinhão – 2012). Levíssimo e cheio de sabor!

Raviolini de Brie ao Pesto de Pinhão e Rúcula Selvagem

Raviolini de Brie ao Pesto de Pinhão e Rúcula Selvagem

O prato do Pedro foi a Truta à Visconde de Mauá, que consiste em um filé de truta salmonada, empanada com aveia e ervas sobre molho de azedinha e capim limão, purê de batatas e queijo de cabra. Também delicioso…

Truta à Visconde de Mauá

Truta à Visconde de Mauá

A sobremesa escolhida foi o merengue italiano com frutas vermelhas. Incrível!!!

Merengue italiano com frutas vermelhas

Merengue italiano com frutas vermelhas

Outro local que merece destaque é o Saveur de Vanille, também conhecido como Bistrô das Meninas, numa referência a suas proprietárias, Noemi Del Passo e Renata Nesti. Localizado no lado mineiro de Maringá, o local foi inaugurado em 2003 com a proposta de ser ao mesmo tempo uma boulangerie, um café, uma pâtisserie e um bistrô. E ainda conta com uma charmosa livraria. Todos os produtos são de fabricação própria. A casa também fornece as famosas baguetes e croissants a alguns dos melhores restaurantes e pousadas de Mauá.

A placa de entrada do bistrô

A placa de entrada do bistrô

O ambiente é muito aconchegante, com clima parisiense, que é percebido até no cardápio escrito a mão. Já que fomos para jantar e não estávamos com apetite suficiente para experimentar os famosos pães artesanais de entrada, fiz questão de optar por um prato que tivesse um toque da boulangerie. Então,  escolhi o filet de truta na massa folhada com mix de folhas verdes e molho de cogumelos shimeji. Sensacional!!! O peixe estava perfeito e a massa folhada, levíssima, manteve a crocância até o término do prato. Achei fofo o formato de truta que fizeram com a massa (reparem na foto). Palmas para o molho de cogumelos, com um sabor delicioso, que fez a diferença. De alguma forma me fez lembrar o molho do Le Relais de l’Entrecôte em Paris.

Truta na massa folhada com mix de salada verde e molho de cogumelos shitaki

Truta na massa folhada com mix de folhas verdes e molho de cogumelos shimeji

Suco natural de amoras

Suco natural de amoras

Abrimos mão do vinho para experimentar o suco natural de amoras. A troca valeu a pena. O suco estava muito gostoso. Como esse prato é muito bem servido e o suco é bem consistente, tivemos que dispensar a sobremesa. Então, encerramos à noite fria de verão em Mauá com um chá twinings de camomila, mel e baunilha. E já estávamos pronto para mais uma noite de sono. =)

Encerro aqui a série de dicas sobre Mauá. Espero que tenham curtido!!

Rosmarinus

Estrada Mauá-Maringá (Km 4,5)

e-mail para reserva: contato@rosmarinus.com.br

Tel: (24) 3387-1550

Saveur de Vanille

Vila de Maringá (MG)

e-mail: bistrodasmeninas@uol.com.br

Tel: (24) 3387.1461

Paula

Paula nova

Deixe uma resposta