De malas prontas: Um fim de semana no paraíso

Hoje a dica de viagem é sobre um lugar no Rio de Janeiro que muitos cariocas (e não só os cariocas, mas pessoas do mundo inteiro) já tiveram o prazer de conhecer. Mas o que muitas pessoas não devem imaginar é que existe uma programação “Express” – um fim de semana que vale por uma semana de recesso. E a melhor época está chegando para visitar este lugar, logo após o período de férias, recepção de turistas, e as águas de março fechando o verão. Por sinal, como esse lugar é localizado numa região carinhosamente conhecida como “pinico do mundo”,  é bom aguardar um fim de semana com 100% de probabilidade de sol, porque o bom tempo faz toda a diferença para essa programação. Quem pensou na Ilha Grande (RJ), acertou!

A primeira vez que fui à Ilha foi em um feriado nacional. A segunda foi em um fim de semana qualquer em baixa temporada. Adivinha? Nunca mais voltei lá em um feriado. Não que não valha a pena uma visita em qualquer oportunidade à Ilha Grande, mas ela realmente transparece o paraíso que é na baixa temporada.

Existem algumas formas de chegar à Ilha e diversas opções de hospedagem. Vou apresentar aqui o melhor esquema que montei para um fim de semana. Os dois primeiros passos são reservar a Pousada dos Meros e comprar a passagem (ida e volta) de ônibus no site da Costa Verde.

Vá dormir cedo numa sexta-feira e coloque o alarme para despertar em um horário que permita a você chegar às 4h15 da madruga na Rodoviária Novo Rio. O ônibus sai às 5h00 e chega em Mangaratiba às 7h00, a tempo de comprar a passagem dupla (ida e volta) da barca que sai às 8h00.

Mangaratiba

A chegada à Ilha ocorre por volta das 9h30 em Abrãao. Antes de seguir até a pousada para o check-inn, garanta seu passeio de barco para a Lagoa Azul na agência mais próxima do deck de descida da barca. Feito isso, dê um pulo na pousada para deixar as mochilas, trocar de roupa, etc. No caminho para a escuna, não deixe de alugar o kit de mergulho (pés de pato, snorkel e óculos). Isso vai fazer a diferença ao nadar com os peixes, tartarugas e cavalos-marinhos nas águas translúcidas da Lagoa Azul. Esse passeio dura o dia todo com a 1ª pausa na pequena e tranqüila Praia de Freguesia de Santana, a 2ª na incrível Lagoa Azul para mergulho, terminando na Praia de Japariz para o almoço.

Passeio para a Lagoa Azul

Lagoa Azul

De volta à pousada, aproveito para falar um pouco sobre ela. Depois da 1ª vez que me hospedei lá, não consegui ir a outro lugar. Digo isso pela simpatia do estabelecimento, pelo atendimento, pelo preço, e pela creperia no melhor clima roots que garante o jantar delicioso do sábado à noite. Para os amantes de vinho, não deixem de levar os seus pois eles não cobram taxa de rolha no restaurante.

O programa de domingo é acordar cedo (8h00), se abastecer com o café da manhã da pousada e partir para a praia de Lopes Mendes, por trilha ou de barco. Só indico a trilha para quem esteja muito bem preparado fisicamente e curta corridas por montanhas e praias. A trilha para Lopes Mendes desde Abrãao possui 8,5 km de extensão e pode chegar até 3 horas de caminhada. A outra opção é ir de barco até a Praia do Pouso que fica a uns 20 minutos de trilha leve até Lopes Mendes. O barco também será a opção de retorno para Abrãao para aqueles que optaram pela trilha. Afinal, ninguém quer encarar uma trilha pesada pós-praia. As agências em Abraão também vendem passagens de barco para Lopes Mendes. Quem vai pela trilha, pode pagar a volta de barco direto com os marinheiros.

Visual da trilha para Lopes Mendes

Praia de Mangues – no caminho para Lopes Mendes

Praia de Mangues

Agora vai aqui o diferencial de Lopes Mendes. A trilha desemboca no canto direito da praia, onde todos os frequentadores se concentram. Vale muito a pena caminhar 3 km até o canto esquerdo, onde o visual é incrível e, na maioria das vezes, deserto. Ali não tem nenhuma infraestrutura, então é fundamental levar bebidas, lanches e o saquinho para carregar o lixo de volta.

Caminhada para o canto esquerdo de Lopes Mendes

Canto esquerdo de Lopes Mendes

13h30 no máximo será a hora de partir, para dar tempo de caminhar a praia toda de volta, fazer a trilha de Lopes Mendes para Pouso, pegar o barco para Abrãao e voltar à pousada a tempo de tomar banho, arrumar as mochilas e fazer o check-out. A barca de volta para Mangaratiba sai às 17h30. Esse tempo contado para sair da praia é para garantir a última etapa da programação: almoçar um PF (prato feito) de Abraão. O local eu deixo a seu critério. E rumo à barca!

De volta à Mangaratiba, o ônibus sai para a Rodoviária Novo Rio às 19h30. E, com certeza, nele você vai sonhar com a sua próxima visita ao paraíso!

Custo estimado para duas pessoas (valores atualizados em 2015)

Ônibus Rio x Mangaratiba (ida e volta):  R$127,00

Barca Mangaratiba x Ilha Grande: R$56,00

3 diárias na Pousada dos Meros: R$300,00 (A pousada passou a cobrar um mínimo de 3 diárias em 2015. Então a boa é chegar na sexta, pela barca das 22:00, pegando o ônibus das 18:30 na Rodoviária Novo Rio)

2 kits de mergulho: R$30,00

Passeio de barco para Lagoa Azul: R$100,00

Barco para Lopes Mendes: R$40,00

Total: R$653,00

Portal da Ilha Grande: http://ilhagrande.org/Ilha-Grande-Portal

Para a compra das passagens de ônibus: http://www.costaverdetransportes.com.br/

Site da Pousada: http://www.pousadadosmeros.com.br/site/index.html

Por Paula Seára Arraes

Deixe uma resposta

  1. Estou indo para Ilha Grande no feriado e adorei o Post, super ajudou.Adorei o blog também.. trabalho com a Alice no Banco e ela me recomendou o Blog de vocês! Estão de parabéns!

  2. Oi Sara, tudo bem?
    Que bom que gostou do blog. Espero que continue acompanhando. Depois nos conte se as dicas de Ilha Grande foram úteis!
    Curta a página do blog no Facebook também para acompanhar as novidades! O link está na barra lateral do blog.
    Bjos!