Oi pessoal,

Quando pensamos nos destinos que pretendemos conhecer ou retornar, costumamos imaginá-los de alguma forma especial. É comum resgatarmos uma mesma imagem tantas vezes a partir de uma cena que nos marcou, seja ela vivenciada, ou extraída de um filme, uma foto, um quadro ou mesmo de pesquisas para montar um roteiro de viagem.

Muitas cenas são tipicamente diurnas e ativas. Isso ocorre porque de férias nos visualizamos livres e bem dispostos. E disposição muitas vezes remete a sol. Entretanto, algumas cenas de viagem são particularmente noturnas. Especialmente quando são românticas. E como não poderia deixar de ser, eu vejo uma Paris noturna em meus pensamentos.

Já explorei programas diurnos em Paris aqui no blog, então hoje é dia de conhecer os encantos da noite da Cidade Luz.

Rio Sena

Rio Sena

Um piquenique na margem do Rio Sena sob os graciosos postes de luz pode ser muito especial, se as condições climáticas favorecerem. Basta uma ida ao mercado Monoprix para selecionar os melhores produtos locais em um só local. Ou então, levar uma bolsa de feira à Montmartre e recheá-la com produtos artesanais e diversas delícias parisienses, que como lá, melhor não há. Devidamente abastecido, basta caminhar pelas margens do Rio Sena e encontrar um cantinho para chamar de seu. Nem muito vazio, nem muito cheio. Um lugar reservado, mas seguro, ok?

Torre Eiffel no cair da noite

Torre Eiffel no cair da noite

Outro programa imperdível é caminhar beirando o Rio Sena no fim de tarde até a Place du Trocadéro, no 16º arrondissement, e acompanhar os avanços do pôr do sol, refletido em diversos ângulos da Torre Eiffel, com diferentes tonalidades de dourado.

E então, basta aguardar pelo espetáculo maior, no centro da Place du Trocadéro. Ao cair da noite, a Torre enche o cenário de luz, e a cada hora cheia, cintila durante cinco minutos, até 01h00. A artista principal é ainda embalada por um corpo de baile da Fontaine de Varsovie, com seus lagos artificiais em cascata, em perfeita sincronia com os jatos dos canhões de água. É mágico! Tacinhas descartáveis preenchidas por um bordeaux ou champagne engrandecem o momento. Vale lembrar que, dependendo do período do ano em que se visita Paris, é importante estar atento à variação de horários do pôr do sol, entre 17h00 no inverno e 22h00 no verão.

Torre Eiffel vista da Place du Trocadéro

Torre Eiffel vista da Place du Trocadéro

Torre Eiffel cintilando

Torre Eiffel cintilando

Reserve uma quarta ou sexta-feira para visitar o Louvre, quando o museu funciona até às 22h00. Além de pegar as salas principais mais vazias próximo do horário de fechamento, será possível passar um tempo no exterior do museu admirando as pirâmides iluminadas. 

Pirâmide do Louvre

Pirâmide do Louvre

Pirâmide do Louvre

Pirâmide do Louvre

Esses foram alguns programas noturnos que fiz e recomendo. Um tour de bike à noite pelos principais pontos turísticos de Paris também é um programa gostoso. Existem diversas empresas que organizam passeios em grupo.

Paula

Paula nova

 

Related posts: