Postagens Etiquetadas ‘Ushuaia’

O fantástico cordeiro patagônico do Tierra Mayor – Ushuaia (AR)

Olá pessoal!

Hoje é dia de contar sobre o cordeiro que mudou minha opinião ridiculamente preconceituosa sobre essa carne. Digo isso pois eu achava que tinha um gosto muito forte e que não gostava, até então…

Como comentei no post sobre o passeio aos lagos Escondido e Fagnano, estava incluída uma parada no Centro Invernal Tierra Mayor para o almoço.

O local oferece diversas atividades e esportes na neve na época do inverno.

Tierra Mayor 01

Assim que paramos na volta, estávamos admirando a paisagem e uma súbita mudança de tempo nos agraciou com uma neve passageira. Nem preciso comentar o frio que estava, né?!

Tierra Mayor 02

Tierra Mayor 03

Depois de admirar um pouco a neve, fomos nos proteger do frio e pedimos o “Menu Turístico I“, que incluía o “Cordero Fueguino Al Asador, ensalada buffet, postre” por $ 130 pesos.

As saladas do buffet possuíam ingredientes bem frescos, como o tomate e a salada de batatas, mas o destaque mesmo foi o maravilhoso cordeiro. Combinação muito feliz.

A foto definitivamente não faz jus ao esplendor da carne que tivemos o prazer de saborear. Que coisa maravilhosa, saborosa, úmida e crocante. Ficamos encantados e até pedimos um chorinho… Uma das melhores carnes que já comi na vida, definitivamente!

Tierra Mayor 04

Depois de muito cordeiro, partimos para as sobremesas. Fomos de “postre borracho – crema de vainillas, vainillas mojadas en Oporto y Café, crema y chocolate” e de “flan casero” com doce de leite. Sobremesas simples, caseiras e gostosas.

Tierra Mayor 05

Tierra Mayor 06

Saímos de lá muito felizes! Dica imperdível da encantadora cidade de Ushuaia.

Tierra Mayor

A 20 km da cidade pela Ruta Nacional N°3

Maysa

Perfil_Maysa

Related posts:

De malas prontas: Lagos Escondido e Fagnano – Ushuaia (AR)

Olá pessoal!

A dica de hoje é de um passeio muito bacana que fiz em Ushuaia.

O passeio começou às 9h30min. Saímos de ônibus em frente à Companhia de Turismo Rumbo Sur e pegamos a Rota Nacional n° 3 (Panamericana). A primeira parada foi no Mirador del Valle Carbajal, de onde pudemos conferir uma bela paisagem dos Andes Fueguinos…

Fagnano e Escondido 01

Depois pegamos a estrada novamente em direção ao Lago Escondido. Pudemos avistar a estação de esqui Cerro Castor que funciona na época do inverno.

Fagnano e Escondido 02

Passamos pelos vales cobertos de turfa, um material formado pela decomposição de vegetais acumulados em terrenos alagadiços. A turfa surgiu nessa região por conta das castoreiras. Os humanos, com sua inconsequência sem fim, trouxeram os castores do Canadá para explorar o mercado de peles. No entanto, como o clima da região é mais ameno que o do Canadá, a pele mudou e deixou de ser interessante para o comércio. Soma-se a isso a ausência de predadores naturais neste ambiente e os castores viraram uma praga. O governo chegou a oferecer uma recompensa pífia aos caçadores para tentar resolver o problema, o que obviamente não ajudou em nada. Então hoje o que vemos são ambientes destruídos e alagados como os da foto abaixo. Um fato interessante para explicar a depredação é que os dentes dos castores não param de crescer ao longo de toda sua vida, logo eles estão sempre roendo as árvores para gastá-los. Caso contrário, eles morrem pois os dentes entram no crânio. Tenso!

Fagnano e Escondido 03

Finalmente paramos no mirador Paso Garibaldi para avistar o Rio Escondido, onde pegamos nossa primeira neve da vida. Muito bacana e muito, muiiitttoooo frio!!!

Fagnano e Escondido 05

Fagnano e Escondido 04

Depois paramos rapidamente no Centro Invernal Tierra Mayor para usar o banheiro. Na volta paramos lá para almoçar. Foi um dos melhores almoços da viagem, mas isso é assunto para um próximo post… Então fomos direto para o belíssimo Lago Fagnano, localizado na fronteira entre Argentina e Chile. O lago é lindíssimo! Valeu muito a pena pela bela paisagem…

Fagnano e Escondido 06

Fagnano e Escondido 07

Fagnano e Escondido 08

O passeio foi de 9h30min às 16h, e custou $ 350 pesos por pessoa, fora o almoço. Passeio tranquilo, ótimo para intercalar com os mais pesados. Também é possível alugar um carro e fazer tudo a seu tempo, pois a estrada é bem tranquila. Uma terceira opção é fazer o passeio em 4 x 4, saindo da Rota Nacional e indo por estradas de terra.

E aí, curtiram a dica?!

Maysa

Perfil_Maysa

Related posts:

Gastronomia: Tia Elvira – Ushuaia (AR)

Olá pessoal!

Segue mais uma das experiências gastronômicas que tive em Ushuaia, na Patagônia Argentina.

O Tia Elvira é um restaurante de 1965 de frente para o canal de Beagle. Acabei decidindo ir a ele pois está bem avaliado no Trip Advisor e também me foi recomendado por uma amiga que já havia visitado a cidade. No final das contas, não recomendo pela análise custo-benefício e pela comparação com os outros restaurantes que frequentamos na cidade. Decidi fazer um post a respeito para orientar quem está construindo um roteiro pela cidade, justamente porque ele é muito bem recomendado e eu achei que não vale a pena.

Começamos com uns pãezinhos bem sem graça do couvert. Dá pra ver pelo aspecto que não era grandes coisas e parecendo meio passado e seco.

TiaElvira01

Para balancear um pouco a comilança da viagem, que já estava a toda depois de Buenos Aires, resolvemos pedir uma saladinha básica de alface, tomate e cebola por $ 27 pesos.

TiaElvira02

Optamos por pedir a “merluza negra a la Tía Elvira” por $ 130 pesos. O prato consistia em filé de merluza negra, molho cremoso, cogumelos, caranguejo-rei e mexilhões coberto de queijo. Como não veio nenhum acompanhamento e o prato era pequeno para dois, acabamos pedindo um arroz branco com queijo derretido.

TiaElvira03

TiaElvira04

Hoje, ao final da viagem acho que o Tia Elvira foi o restaurante mais fraco que fomos em Ushuaia. O serviço foi realmente muito lento e ruim e a comida não vale o preço que é cobrado quando comparamos a outros restaurantes da cidade.

Tia Elvira

Av Maipú, 349

+54 2901 42-4725

Maysa

Perfil_Maysa

Related posts:

De malas prontas: Passeio pelo Canal de Beagle – Ushuaia

Olá pessoal!

Hoje vou contar a vocês sobre o primeiro passeio que fiz em Ushuaia: a navegação pelo Canal de Beagle.

Há muitas opções de empresas na região portuária de Ushuaia que realizam este passeio. Nós acabamos fechando com a Patagonia Adventure Explorer, pois era uma das poucas que estava operando aquele dia diante de uma paralisação nacional por conta de uma greve. As saídas diárias ocorrem às 9h30 e às 15h. O valor é de $300 pesos por pessoa mais a taxa de embarque de $7 pesos por pessoa, com direito a algumas bebidas quentes e biscoitos durante o passeio.

Canal de Beagle 01

Mapa das navegações pelo canal de Beagle

O passeio que escolhemos durava aproximadamente 4 horas e contemplava passagem pela Isla Alicia (ou Isla de los Lobos), Isla de los Pájaros (ou Isla Despard), Faro Les Eclaireurs e caminhada na Isla Bridges. Devido ao vento forte e frio não conseguimos ficar do lado de fora do barco durante todo o trajeto, mas vale a pena sair em alguns momentos para curtir a paisagem. Na passagem pelas duas primeiras ilhas avistamos leões-marinhos e cormorões (pássaros parecidos com pinguins).

Canal de Beagle 02

Canal de Beagle 03

Canal de Beagle 04

Depois passamos pelo Faro les Eclaireurs que foi construído em 1919 e é também conhecido por Farol do Fim do Mundo.

Canal de Beagle 05

Na Isla Bridges desembarcamos para uma caminhada e pudemos observar a vegetação local e algumas ruínas arqueológicas, além de ouvir sobre a história dos Yámanas, população indígena que habitou a Terra do Fogo. Uma caminhada gostosa com paisagens alucinantes por todos os lados.

Canal de Beagle 06

Paisagem vista da Isla Bridges

Passeio obrigatório para quem vai a Ushuaia!

Patagonia Adventure Explorer

 Maysa

Perfil_Maysa

Related posts:

Gastronomia: Kalma Restó – Ushuaia (AR)

Olá pessoal!

Segue o relato de mais uma experiência gastronômica que tivemos em Ushuaia, na Patagônia Argentina: o Kalma Restó.

KalmaResto01

O chef Jorge Monopoli cozinha e atende ao mesmo tempo, e foi muito simpático e atencioso. Para quem estiver em busca de uma refeição apressada, este não é o lugar. Fomos jantar com calma em uma fria noite de Ushuaia e tivemos uma experiência muito agradável neste pequeno estabelecimento. Começamos com um gostoso couvert e duas taças de um vinho Malbec.

KalmaResto02

Recebemos uma entradinha que não me lembro o que era, mas era a base de aspargos e estava gostosa.

KalmaResto03

Depois partimos para uma sopinha de cebola com uma fatia de torrada coberta de queijo. Saborosa e ótima para aquecer o corpo naquela noite gelada.

KalmaResto04

Como prato principal pedimos a paella. Leve e saborosa. Adoramos!

KalmaResto06

Destaque para os belos talheres do estabelecimento.

KalmaResto05

A conta totalizou em $ 354 pesos. De modo geral, gostamos da experiência. Percebe-se a dedicação e o carinho do chef Jorge em tudo que foi servido. Um lugar gostoso para um jantar tranquilo…

Kalma Restó

Antártida Argentina 57

00 54 2901 425786

info@kalmaresto.com.ar

Maysa

Perfil_Maysa

Related posts:

Para cima

Contato

blogdoqueeupreciso@bol.com.br
 
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: