Arquivos do Autor

De malas prontas: De bike pela Golden Gate (San Francisco)

Oi pessoal,

Voltamos às dicas da nossa viagem pela Califórnia e agora chegou a vez de explorar a bela San Francisco. O primeiro passeio que vou sugerir é imperdível. Que tal atravessar a imponente Golden Gate de bicicleta? Vale a pena acordar cedinho e reservar o dia todo para aproveitar bem a charmosa cidade Sausalito, localizada do outro lado da ponte.

Sanfran - Golden Gate

Pela manhã, esse cenário nebuloso é clássico na ponte. Algumas horas depois, enquanto passeávamos por Sausalito, o tempo abriu e o dia ficou ainda mais bonito. Era setembro e fazia uns 15 graus, mas depois de uns 5 Km pedalando (3km só na ponte), com inclinações pelo caminho, esquentou bastante.

O passeio começa no Pier 41, onde existem diversas opções de lojas de aluguel de bike. Na Bike and Roll, a diária sai por US$ 32. Nós atravessamos a ponte de bike na ida e na volta. Para quem preferir, é possível voltar de ferry. Mas deve-se ficar atento aos horários de retorno. A foto abaixo é da Golden Gate vista de Sausalito.

Sanfran - golden gate sausalito cópia

Sausalito é uma graça! Casinhas lindas, jardins floridos, casas-barco, pelicanos e leões-marinhos, um comércio fofo e diversas opções de restaurantes. Mas o que nos atraiu para o nosso almoço foi o incrível Mollie Stone`s Market. Eu que já era fã do Whole Foods, fiquei encantada com esse mercado de produtos naturais e orgânicos de produtores locais. Tudo muito fresquinho. Preenchemos nossa cesta de delícias, especialmente saladas variadas e apetitosas, e fomos almoçar nas mesinhas que ficam na lateral externa do mercado.

De barriga cheia, a próxima parada foi uma degustação de vinhos maravilhosa na Bacchus and Venus. Optamos pela seleção Purely Red – 4 taças de vinhos tintos artesanais a US$ 18. Fomos servidos de um Pinot Noir 2012 de Sonoma Coast, um Cabernet Sauvignon 2010 do Napa Valley, um Syrah 2010 de Sonoma Valley e um Grenache 2012 da California. Excelente custo-benefício! E existem degustações para todo gosto e disposição. Recomendo muito para os apreciadores de vinho.

salsalito wine tasting Vacchus & Venus Salsalito

Com a barriga e a cabeça feita, prendemos nossas bikes e fomos passeando com calma, entrando nas lojinhas, sem pressa, sem compromisso. Depois de curtir bem Sausalito, era a hora de voltar. Essa cidade simpática ficaria pra trás no nosso roteiro, mas o nosso destino eram mais descobertas na incrível San Francisco e o caminho era mais uma vez a linda Golden Gate!

Sanfran - Sausalito

Beijos e até,

Paula

Paula nova

Related posts:

De malas prontas: Yosemite National Park – Califórnia

Oi pessoal,

Hoje é dia de apresentar uma das lembranças mais especiais da viagem de carro pela Califórnia. Dirigindo pela estrada I5 e CA99, o Yosemite National Park está localizado a 6,5  horas de Los Angeles e 4,5 horas de São Francisco. Tivemos 21 dias para percorrer a Califa de São Francisco a San Diego pela Highway 1. Yosemite foi nossa primeira parada, partindo de LA, antes de começar de fato o roteiro da Highway 1. Foram 3 dias de paz, de muitas trilhas e de uma natureza exuberante.

Yosemite - Glacier Point

Visitamos o parque no outono, em setembro do ano passado. As cachoeiras estavam bem secas. Apenas as mais elevadas do parque ainda contavam com quedas d’água, mas bem estreitas comparado à capacidade máxima delas. Mas isso não torna o outono uma época ruim para se aventurar no Yosemite. Todas as estações do ano proporcionam cenários incríveis e bem particulares. A vantagem do outono é pegar o parque mais vazio e a temperatura bem agradável. O verão é muito procurado para quem vai acampar ou ficar hospedado no trailer. Agora é chegada a época mais incrível do ano. Na primavera, as cachoeiras estão gordas, no auge do degelo pós inverno.

Yosemite - Nevada Fall 2

Há pousadas dentro do próprio parque e nas redondezas. Ficamos hospedados no Cedar Lodge que fica a 5 km da entrada do parque, com um preço bem mais em conta. A vantagem desse hotel é que em frente a ele tem uma praia de rio deliciosa, uma piscina natural do rio Yosemite para um mergulho no fim de tarde, depois de um longo dia de exercícios. Até dispensamos a piscina do hotel. Mergulho nas cachoeiras do parque é impossível. Água de degelo! Foi a água mais gelada que minhas mãos e meus pés já sentiram.

Yosemite River

Vamos então ao nosso roteiro:

Primeiro dia: Percorremos toda a base do parque. Nesse dia fizemos a trilha para a Yosemite Fall, bem leve. Essa cachoeira estava completamente seca. Destaque também para o imponente El Capitán, uma pedra vertical com 900 metros de altura. A base do parque conta com um serviço de shuttle muito eficiente, extremamente útil para descer nos pontos próximos ao início das trilhas, no centro de informações e no estacionamento.

Yosemite Fall 1

Segundo dia: Fizemos as trilhas mais elevadas do parque, Nerval e Nevada Falls, com nível de intensidade pesada. Foi aí que nós conseguimos ver as quedas d’água que ainda restavam do degelo e uma vista incrível. O passeio de hoje durou o dia todo. Fomos abastecidos de lanches, especialmente para recarregar as energias no topo da Nevada Fall, com uma vista deslumbrante.

Yosemite - Nevada Fall Yosemite - Nerval Trail

Yosemite - Nevada Fall Yoga

Terceiro dia: Glacier Point e Mariposa Park, o parque das sequóias. Para chegar a esses dois pontos é necessário ir dirigindo. Depois de visitá-los, pegamos a estrada direto para São Francisco, ainda de tarde. Nesse dia também fomos abastecidos de sanduíches e lanches.

Yosemite - Glacier Point 3

Yosemite - Glacier Point 1

Yosemite - Sequoia Panoram

Yosemite - Sequoia 1

Sequoia

Destino revigorante, daqueles pra se admirar o poder da natureza, como o mundo é grande e nós somos tão pequenos.

Beijos e até a próxima parada,

Paula

Paula nova

Related posts:

De malas prontas: Catalina Island – Los Angeles (Califórnia)

Oi pessoal!

A segunda dica da viagem pela Califórnia é uma surpresa que seus dias por Los Angeles podem oferecer. Muita gente não sabe, mas em frente a San Pedro está localizada a Catalina Island, uma ilha perfeita para um passeio de um dia, para relaxar nas águas lindas com temperatura ideal das praias (para quem não suporta as frias águas do Pacífico) e ou se aventurar em vários esportes como tirolesa, caiaque, stand up paddle, escalada, pedalada e até golf. Nós nunca tínhamos ouvido falar, mas um amigo que já morou na Califórnia nos deu essa dica preciosa. E recomendo muito a visita!

Catalina 5 blog

Para chegar à ilha, fomos de carro de Venice Beach (onde estávamos hospedados) até o berço 95 do Cais de San Pedro (cerca de 50 minutos). É importante garantir os ingressos do barco (Catalina Express) com antecedência. Como nós queríamos garantir um bom tempo, deixamos para decidir de véspera. Ligamos na noite anterior e pegamos os últimos dois assentos para o barco das 8:00 com destino a Avalon. A viagem dura 1:15. Se você costuma enjoar no mar, não fique sentado na parte fechada. Vá para o último andar na parte externa para pegar ventinho e olhar para o horizonte. Fiquei impressionada com o recorde de pessoas mareadas em um mesmo barco. Como me conheço bem, fiquei lá em cima e passei a viagem super bem, com direito a admirar golfinhos ao longo do percurso. Outra dica importante é reservar os passeios que serão realizados na ilha, especialmente se forem limitados, como o Zip Line (tirolesa). Na bilheteria do cais de San Pedro há sempre uma pessoa para dar informações sobre os passeios e fazer as reservas. Nós optamos pelo Zip Line Eco Tour. O passeio dura cerca de duas horas. São cinco tirolesas sequenciais, a uma altura de 1.220 metros cortando o cânion Descanso, que oferece uma bela visão aérea e muita adrenalina.

Catalina 2 blog

Catalina 3 blog

Depois de tanta adrenalina, fomos relaxar na adorável e animada Descanso Beach (sempre tem um dj animando a galera).

Catalina 6 blog

Nosso almoço foi no Lobster Trap. Super indico! É um ótimo restaurante para comer peixes e frutos do mar, com preço razoável. Nossos pratos foram: um sanduíche de salmão com fritas e um peixe crocante de macadâmia com baked potato e legumes cozidos.

Lobster Trap 1

Lobster Trap 2

Lobster Trap 3

Depois do almoço fomos bater perna para conhecer a ilha. Subimos um ladeirão para ter acesso a uma das vistas mais bonitas (a foto que abriu o post). Para quem não for muito de caminhar ou pedalar, é possível alugar um carro de golf. Uma particularidade interessante da ilha é que o limite de carros é bastante limitado, de forma a preservar o meio ambiente por lá. E boa parte dos carros, inclusive dos residentes, são carros de golf.

Catalina 1 blog

Fomos embora no barco das 18:45 (com a passagem também comprada no dia anterior), satisfeitos com um dia bem animado e feliz!

Beijos e até a próxima dica da Califa!

Paula

Paula nova

Related posts:

De malas prontas: The Big Bang Theory ao vivo – Los Angeles

Oi pessoal!

Depois de um bom recesso desde a virada de ano, retomo os posts do blog para contar tudo sobre a minha viagem incrível de carro pela Califórnia, em setembro de 2014, passando pelo Yosemite Nacional Park, Highway 1 de San Francisco a Los Angeles e San Diego.

Escolhi para a minha primeira dica, compartilhar uma informação preciosa para os fãs de seriado americano. Que tal assistir a gravação da sua série favorita? E se for de graça???

Fonte: www.ultradownloads.com.br

Fonte: www.ultradownloads.com.br

Quase ninguém sabe, mas além dos tours guiados para conhecer os estúdios das famosas Warner, Universal, Fox, Paramount e CBS (tema para um próximo post), é possível assistir a gravação de um episódio de diversas séries de comédia. Tendo a viagem marcada para Los Angeles e o interesse em participar na audiência de uma gravação, basta entrar no site TV Tickets e preencher o formulário (individual) para garantir a sua vaga.

Agora, a dica mais preciosa. Se a série que você quiser assistir for uma das mais famosas e premiadas, como “The Big Bang Theory” ou “Two and a Half Man” (ambos da Warner), é preciso se preparar com antecedência. O site da TV Tickets é atualizado diariamente, às 8:30 do horário de LA, exibindo as séries com vagas disponíveis para audiência, nos próximos 30 dias (segunda à sexta). As vagas para as séries mais famosas esgotam em minutos. The Big Bang esgota em segundos! O site chega a travar com tantas pessoas acessando ao mesmo tempo, no mundo todo. Mas é possível, acreditem. Nós conseguimos! É só estar no site às 8:30 do horário de LA (atenção ao fuso horário) que a lista das gravações será atualizada. Neste link, é possível conferir o calendário das próximas gravações e se programar para estar no site com exatamente 30 dias de antecedência e garantir a vaga. Atenção, são 30 dias contados. Não é um mês.

Fonte: www.ultradownloads.com.br

Fonte: www.ultradownloads.com.br

The Big Bang é tão disputado que é a única série que possui lista de espera. E o que significa isso? A lista principal, com acentos garantidos na plateia, esgota em segundos. A lista de espera esgota em poucos minutos. A diferença é que quem estiver na lista de espera, tem que chegar no dia da gravação com horas de antecedência para garantir a vaga no caso de desistências. E quanto mais cedo chegar, maior a chance de entrar. Nós que estávamos na lista principal, chegamos com duas horas de antecedência e pegamos os números 52 e 53. Na lista de espera parecia haver umas 200 pessoas. Da plateia reparamos a alegria de alguns felizardos que conseguiram entrar. Mesmo na lista principal, chegar cedo é importante para garantir lugares mais próximos do cenário.

Fonte: www.ultradownloads.com.br

Fonte: www.ultradownloads.com.br

E afinal, como é participar da plateia de uma gravação de The Big Bang Theory? Inesquecível! Para mim, foi a melhor experiência de toda a viagem. E olha que nem sou fanática. Simplesmente gosto muito e acompanho a série. Nós assistimos a gravação do sexto episódio da oitava temporada, The Expedition Approximation. Não vou entrar nos detalhes da programação e o que rolou dentro do estúdio, porque essa é uma experiência individual e nenhuma gravação é igual a outra. Vamos então às informações importantes.

O que você precisa saber:

– Levar o comprovante do seu nome na lista e o passaporte e chegar com antecedência.

– Celulares e máquinas fotográficas são proibidas. Lembre de deixá-los no carro para não ter problema.

– Vá bem alimentado. Fora o tempo de espera, fomos chamados para entrar no estúdio às 17:30, após sermos revistados e orientados. A programação começou às 18:00 e foi até 23:30. Em apenas um único intervalo é servido um lanche, que foi uma fatia de pizza e um copo d’água. Se você for participativo na plateia vai ganhar chocolates do animador ao longo da gravação, nos pequenos intervalos entre as cenas. \o/

– As risadas que escutamos ao assistir as séries na TV, são realmente as risadas da plateia. Acima dos acentos estão espalhados diversos microfones. Quando começa a gravação de uma cena, a plateia deve fazer silêncio absoluto e somente as risadas são permitidas e bem vindas. Se a plateia não cai na gargalhada, é sinal que a piada não funcionou e os roteiristas reescrevem imediatamente as falas. Normalmente, cada cena é gravada mais de uma vez, muitas vezes três, podendo chegar a cinco vezes. Nem sempre por erro dos atores, mas por necessidade dos cortes ou correção de ângulos de gravação. Aliás, eles mal erram. Parece uma peça de teatro. Todos ensaiaram muito aquelas cenas, antes de gravar na presença do público.

Fora isso, prefiro preservar a surpresa do momento. Mas não tenha dúvida, isso é Hollywood e você vai se divertir!

Beijos e até,

Paula

Paula nova

Related posts:

De malas prontas: Os encantos da Serra Gaúcha (RS)

Oi pessoal,

Continuando com as dicas da Serra Gaúcha, depois de passar alguns dias no Vale dos Vinhedos, fomos conhecer as charmosas cidades de Gramado e Canela. Esse destino é ideal para casais em clima de romance e para a família com crianças. Quando fomos em abril, logo após a Páscoa, a Chocofest tinha acabado de ocorrer. Nessa época do ano, acontece o Natal Luz, que estreou sua programação em 30 de outubro e vai até 11 de janeiro de 2015.

A distância entre os dois municípios é de apenas 9 Km e ambos oferecem boas opções para hospedagem. As atrações diurnas e ao ar livre que vou listar aqui se concentram em Canela. Para curtir a noite, basta se deixar levar pela Avenida Borges de Medeiros, em Gramado.

Para curtir a natureza

Cachoeira do Caracol

O Teleférico de Canela oferece uma linda vista do vale e da Cascata do Caracol. Além do próprio passeio de bondinho e do mirante, o parque também conta com o Espaço das Esculturas que Falam, com 85 esculturas talhadas em madeira pelo artista plástico Masaharu Hata (1938-2010), que simulam os sons dos animais.

Parque do Teleférico

O Parque da Ferradura, também em Canela, possui lindos mirantes e diversas trilhas com diferentes níveis. Nós fizemos a mais longa que leva até a base do rio e à Cachoeira do Arroio Caçador. Lindíssimo!

Parque da Ferradura

Parque da Ferradura 2

Parque da Ferradura 3

O Lago Negro, em Gramado, é uma opção mais light para curtir a natureza. Vale uma volta, seja caminhando ou de pedalinho, ou sentar para relaxar e fazer um piquenique à sombra das árvores importadas da Floresta Negra da Alemanha, motivo que deu o nome a esse lago.

Lago Negro

Para o fim de tarde

Vale a pena conferir o contraste do pôr do sol com a bela Catedral de Pedra, no estilo gótico inglês, em Canela. Ao anoitecer, as luzes da Catedral alteram suas cores a cada minuto proporcionando um colorido muito bonito.

Catedral de Canela

Catedral de Canela 2

Para comer

Não deixe de comer uma massa na Catina Pastasciutta, em Gramado. A nossa escolhida foi o Tagliatelle Branco à Primavera (escalopes de filé, moçarela de búfala, azeite de oliva, tomate seco, manjericão, manjerona, sálvia e cheiro verde). Foi a melhor refeição da viagem e uma das melhores massas que já comi!

Cantina Pastasciutta

O Empório Canela é uma graça. Vale a visita, independente de qual será a refeição do dia eleita. O cardápio é completo, muito apetitoso e o preço é bem honesto, fora o ambiente que é uma graça. Além do restaurante, o Empório também possui uma livraria e vende itens de decoração. Nós fomos para o almoço. Pedimos um vinho do Vale dos Vinhedos (da Vinícola Lidio Carraro) e escolhemos o Toque de Canela (Peixe branco grelhado ao molho picante de coco e pimentões com purê de mandioquinha e um toque de canela) e o Salmão (grelhado na manteiga de ervas com batata broto assada e vegetais – berinjela, cenoura torta, tomate cereja e aspargos frescos). Para fechar, fomos de Creme Vanilla (expresso, leite, chocolate branco e essência de baunilha). Tudo ótimo! Recomendo muito.

Emporio Canela 1

Empório Canela 3

Empório Canela 2

Empório Canela 4

Outras dicas gerais

  • Café Colonial: para começar o dia sem pressa e comer muito. Existem várias opções na estrada Gramado-Canela
  • Um lanche à tarde na Casa da Velha Bruxa, em Gramado
  • Chocolates: a Serra Gaúcha é a terra do chocolate artesanal no Brasil, com diversas marcas a escolher
  • Snowland: para ver neve pela primeira vez e aprender a esquiar ou fazer snowboard
  • Park Knorr: Aldeia do Papai Noel
  • Mini mundo
  • Sugestões de hospedagem: Casa da Montanha ou Serrano Resort, ambos em Gramado

Espero que tenham gostado das dicas! Beijos e até a próxima viagem!

Paula

Paula nova

Related posts:

Para cima

Contato

blogdoqueeupreciso@bol.com.br
 
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: