De malas prontas: De bike pela Golden Gate (San Francisco)

Oi pessoal,

Voltamos às dicas da nossa viagem pela Califórnia e agora chegou a vez de explorar a bela San Francisco. O primeiro passeio que vou sugerir é imperdível. Que tal atravessar a imponente Golden Gate de bicicleta? Vale a pena acordar cedinho e reservar o dia todo para aproveitar bem a charmosa cidade Sausalito, localizada do outro lado da ponte.

Sanfran - Golden Gate

Pela manhã, esse cenário nebuloso é clássico na ponte. Algumas horas depois, enquanto passeávamos por Sausalito, o tempo abriu e o dia ficou ainda mais bonito. Era setembro e fazia uns 15 graus, mas depois de uns 5 Km pedalando (3km só na ponte), com inclinações pelo caminho, esquentou bastante.

O passeio começa no Pier 41, onde existem diversas opções de lojas de aluguel de bike. Na Bike and Roll, a diária sai por US$ 32. Nós atravessamos a ponte de bike na ida e na volta. Para quem preferir, é possível voltar de ferry. Mas deve-se ficar atento aos horários de retorno. A foto abaixo é da Golden Gate vista de Sausalito.

Sanfran - golden gate sausalito cópia

Sausalito é uma graça! Casinhas lindas, jardins floridos, casas-barco, pelicanos e leões-marinhos, um comércio fofo e diversas opções de restaurantes. Mas o que nos atraiu para o nosso almoço foi o incrível Mollie Stone`s Market. Eu que já era fã do Whole Foods, fiquei encantada com esse mercado de produtos naturais e orgânicos de produtores locais. Tudo muito fresquinho. Preenchemos nossa cesta de delícias, especialmente saladas variadas e apetitosas, e fomos almoçar nas mesinhas que ficam na lateral externa do mercado.

De barriga cheia, a próxima parada foi uma degustação de vinhos maravilhosa na Bacchus and Venus. Optamos pela seleção Purely Red – 4 taças de vinhos tintos artesanais a US$ 18. Fomos servidos de um Pinot Noir 2012 de Sonoma Coast, um Cabernet Sauvignon 2010 do Napa Valley, um Syrah 2010 de Sonoma Valley e um Grenache 2012 da California. Excelente custo-benefício! E existem degustações para todo gosto e disposição. Recomendo muito para os apreciadores de vinho.

salsalito wine tasting Vacchus & Venus Salsalito

Com a barriga e a cabeça feita, prendemos nossas bikes e fomos passeando com calma, entrando nas lojinhas, sem pressa, sem compromisso. Depois de curtir bem Sausalito, era a hora de voltar. Essa cidade simpática ficaria pra trás no nosso roteiro, mas o nosso destino eram mais descobertas na incrível San Francisco e o caminho era mais uma vez a linda Golden Gate!

Sanfran - Sausalito

Beijos e até,

Paula

Paula nova

Related posts:

Gastronomia: Bar Ganbara (San Sebastián – ES)

Olá pessoal!

Segue o primeiro post sobre San Sebastián. Claro que só poderia ser sobre algum bar de pintxos (como são chamadas as tapas na região basca), que existem aos montes na cidade.

A primeira parada foi no Bar Ganbara, na parte velha da cidade. Já babei litros no balcão vendo a variedade de cogumelos. Alguns pintxos ficam expostos no balcão e outros são feitos na hora, bem como as porções.

Espanha - 2014

Espanha - 2014

Espanha - 2014

Comecei pelo mix de cogumelos (hongos y setas) com gema de ovo. Absolutamente delicioso! Croissant com presunto e queijo também é sempre bem-vindo!

Espanha - 2014

Espanha - 2014

Espanha - 2014

As “guindillas” são pimentõezinhos verdes típicos do País Basco. São servidos fritos e são bem gostosos.

Espanha - 2014

A croqueta de jamón também é muito boa e cremosa por dentro. Uma delícia!

Espanha - 2014

Um excelente começo para o melhor passatempo de Donostia, “ir de pintxos“. Já comecei meu caso de amor com a gastronomia desse lugar maravilhoso.

Uma dica: preste atenção nos horários dos estabelecimentos. Geralmente eles fecham por volta de 15h e abrem novamente umas 18 ou 19h.

Ganbara

c/ San Jeronimo 21

Maysa

20120506_ensaiomaysalucas-40

Related posts:

De malas prontas: Um passeio por Zaragoza (ES)

Olá pessoal!

Segue mais um post com dicas da Espanha. Desta vez vou falar sobre o que fiz nos dois dias que fiquei em Zaragoza.

Já começo dizendo que adorei Zaragoza. Achei uma cidade super charmosa e tranquila, cheia de praças charmosinhas como a da foto abaixo que ficava bem em frente ao meu hotel, no centro histórico da cidade.

Espanha - 2014

O tempo era curto, porém acredito que suficiente para conhecer o principal da cidade. A primeira parada foi no Palacio de la Aljafería, declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 2001, de arquitetura islâmica. Achei lindíssimo e um agradável passeio. Vale muito a pena.

Espanha - 2014

Espanha - 2014

Depois visitei o complexo construído para a Expo 2008, que tinha como tema “Água e Desenvolvimento Sustentável”. Há diversos pavilhões e praças com arquitetura bastante interessante. Visitei o Aquário que fica no complexo, porém não acho que valha a pena. Talvez seja legal para quem estiver com crianças, mas é um aquário pequeno.

Espanha - 2014

No dia seguinte visitei a praça das catedrais com a bela Basílica de Nuestra Señora del Pilar e a La Seo. Belíssimas construções, vale visitar por dentro. Também nesta praça está o edifício La Lonja, que hoje é uma Sala de Exposições do Ajuntamento de Zaragoza. Bem pertinho da praça fica o Museo Goya. Vale a visita para quem admira o trabalho do artista.

Espanha - 2014

Nesta mesma região pode-se passar pelas ruínas romanas. A segunda foto abaixo trata-se do Museo del Teatro de Caesaraugusta, do qual tirei foto apenas por fora.

Espanha - 2014

Espanha - 2014

A caminho do próximo passeio encontramos o simpático Tiko Teko para fazer um lanchinho. Sanduíches de todos os tamanhos e muito baratos. Os da foto foram EUR 3,00 cada.

Espanha - 2014

De barriga cheia, a próxima parada foi o Parque Grande José Antonio Labordeta. Um pouco longe do centro histórico mas bem tranquilo de chegar de ônibus. Um parque muito bonito! Achei que valeu a visita.

Espanha - 2014

Espanha - 2014

Estas são as minhas dicas dos dois dias que fiquei em Zaragoza. Gostou? E você, recomenda algum outro passeio em Zaragoza?

Maysa

20120506_ensaiomaysalucas-40

 

Related posts:

De malas prontas: Yosemite National Park – Califórnia

Oi pessoal,

Hoje é dia de apresentar uma das lembranças mais especiais da viagem de carro pela Califórnia. Dirigindo pela estrada I5 e CA99, o Yosemite National Park está localizado a 6,5  horas de Los Angeles e 4,5 horas de São Francisco. Tivemos 21 dias para percorrer a Califa de São Francisco a San Diego pela Highway 1. Yosemite foi nossa primeira parada, partindo de LA, antes de começar de fato o roteiro da Highway 1. Foram 3 dias de paz, de muitas trilhas e de uma natureza exuberante.

Yosemite - Glacier Point

Visitamos o parque no outono, em setembro do ano passado. As cachoeiras estavam bem secas. Apenas as mais elevadas do parque ainda contavam com quedas d’água, mas bem estreitas comparado à capacidade máxima delas. Mas isso não torna o outono uma época ruim para se aventurar no Yosemite. Todas as estações do ano proporcionam cenários incríveis e bem particulares. A vantagem do outono é pegar o parque mais vazio e a temperatura bem agradável. O verão é muito procurado para quem vai acampar ou ficar hospedado no trailer. Agora é chegada a época mais incrível do ano. Na primavera, as cachoeiras estão gordas, no auge do degelo pós inverno.

Yosemite - Nevada Fall 2

Há pousadas dentro do próprio parque e nas redondezas. Ficamos hospedados no Cedar Lodge que fica a 5 km da entrada do parque, com um preço bem mais em conta. A vantagem desse hotel é que em frente a ele tem uma praia de rio deliciosa, uma piscina natural do rio Yosemite para um mergulho no fim de tarde, depois de um longo dia de exercícios. Até dispensamos a piscina do hotel. Mergulho nas cachoeiras do parque é impossível. Água de degelo! Foi a água mais gelada que minhas mãos e meus pés já sentiram.

Yosemite River

Vamos então ao nosso roteiro:

Primeiro dia: Percorremos toda a base do parque. Nesse dia fizemos a trilha para a Yosemite Fall, bem leve. Essa cachoeira estava completamente seca. Destaque também para o imponente El Capitán, uma pedra vertical com 900 metros de altura. A base do parque conta com um serviço de shuttle muito eficiente, extremamente útil para descer nos pontos próximos ao início das trilhas, no centro de informações e no estacionamento.

Yosemite Fall 1

Segundo dia: Fizemos as trilhas mais elevadas do parque, Nerval e Nevada Falls, com nível de intensidade pesada. Foi aí que nós conseguimos ver as quedas d’água que ainda restavam do degelo e uma vista incrível. O passeio de hoje durou o dia todo. Fomos abastecidos de lanches, especialmente para recarregar as energias no topo da Nevada Fall, com uma vista deslumbrante.

Yosemite - Nevada Fall Yosemite - Nerval Trail

Yosemite - Nevada Fall Yoga

Terceiro dia: Glacier Point e Mariposa Park, o parque das sequóias. Para chegar a esses dois pontos é necessário ir dirigindo. Depois de visitá-los, pegamos a estrada direto para São Francisco, ainda de tarde. Nesse dia também fomos abastecidos de sanduíches e lanches.

Yosemite - Glacier Point 3

Yosemite - Glacier Point 1

Yosemite - Sequoia Panoram

Yosemite - Sequoia 1

Sequoia

Destino revigorante, daqueles pra se admirar o poder da natureza, como o mundo é grande e nós somos tão pequenos.

Beijos e até a próxima parada,

Paula

Paula nova

Related posts:

Gastronomia: Palomeque (Zaragoza – ES)

Olá pessoal!

Segue mais uma dica de Zaragoza, na Espanha: o restaurante Palomeque.

Espanha - 2014

Eram tantas opções que deixamos a escolha por conta da casa. Acabamos fazendo um menu degustação harmonizado. Delícia!

Detalhe do primeiro vinho e do azeite maravilhoso.

Espanha - 2014

Espanha - 2014

O primeiro prato foi salmuera con hielo pilé y limón, acompanhada de pão com tomate e um vermute caseiro. Bem refrescante!

Espanha - 2014

Depois vieram deliciosas zamburiñas gallegas (vieiras).

Espanha - 2014

Um dos meus favoritos da noite foi o migas con huevo poche y foie. Muito saboroso!

Espanha - 2014

Mas o verdadeiro prato campeão foi a merluza de pincho con gulas. Perfeita cocção do peixe! Sensacional!

Espanha - 2014

Próximo vinho foi um chardonnay.

Espanha - 2014

Outro ponto alto do jantar foi o maravilhoso roast-beef de ternera gallega. Que carne! Que molho! Muito, muito bom!

Espanha - 2014

Para finalizar, um moscatel e a sobremesa. Um surtido de postres caseros. Achei muito interessante o sorvete de mojito no copinho.

Espanha - 2014

Espanha - 2014

A conta para duas pessoas foi € 70. Achei bastante razoável o preço, considerando o que foi servido. Muito boa experiência. Recomendo!

Palomeque

C/ Agustín Palomeque, 11

Zaragoza

Maysa

20120506_ensaiomaysalucas-40

Related posts:

Para cima

Contato

blogdoqueeupreciso@bol.com.br
 
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: